quarta-feira, 28 de março de 2007

"Poako"


Vôa Vôa??


Não... Vai vai...vai vai!!!




Lê.


Abre o olho e "vôa. Vôa" alto pra uma idéia que se concretiza dentro do próprio olho. Uma imaginação foda que a realidade possível não permite atuar. E a vontade imane não se desapega desse desejo de ver. Ver mesmo todos os detalhes, todos os olhares , os gestos, os medos, as expectativas, todos os espantos, toda a alegria...

"Todo esse movimento iniciando pelos al..."

...pela mente. Esse movimento iniciado pela mente que nos liga com desejos profundos , por que Freud explica esse vôo pelo que se não sabe direito o que é mesmo. Mas é uma coisa boa, grande. Uma coisa que vai parar as outras coisas. Mas, relaxa, não vai parar pra sempre. Vai parar por alguns minutos. O que vai ficar pra sempre é toda aquela imagem nova, diferente ( nem tanto ), aquela coisa insana..uma coisa que não se entende rapidamente o fundamento.


Na verdade todo esse movimento, esse ápice da maravilha é, nada mais, que um momento. O momento que ficou vago no meio daquela aula, as coisas tinham mais 'graça' depois de uma subida ao céu.

"joga pra cima que Deus segura"


e de lá do céu era tão legal. ver toda àquela multidão voando no chão. aquela multidão de duas gentes >que voa voa alto<

2 comentários:

Larissa Santi disse...

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
vai vai vai vai

voaaaaa voa voa vooooooaaaaaaa \o/

realmente um momento de sanidade mental... qando a gnt viaja ao lugar mais absurdo e tenta tornar realidade com palavras nossa vã imaginaçaoo

TE ADOROOO DEMAIS COISA LOKA DE MÃE

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

leandro disse...

gente.. eu nao consigo parár com isso.. até em casa eu fico "vai vai vai vai... Bidhu VOA VOOA VOA VOOOOOOAAAA ...."
uahsuhaushauhsuahsuahsuahsuhauahs