domingo, 2 de dezembro de 2007


"Você me pergunta pela minha paixão..
Estou sempre encantada com uma nova invenção. E sinto tudo na ferida viva do meu coração."

E sinto que o que nem começou já tá mais perdido do que o que insistem em chamar de acabado.
A verdade é que o acabado é que acaba sempre deixando um "se" na ponta de meus pensamentos.
Esse "se" que não me deixa ir pra certeza de qualquer outra emoção. A única coisa exata que sabe é que "se"... Nessa onda de nada pra ninguem. Todo mundo pra nada. E eu sempre nessa brincadeira de Tudo Bem, onde o Melhor tá preso aqui dentro amarrado por fantasias que não saem, nao se expulsam do corpo.


"A minha vida eu preciso mudar todo dia, pra escapar da rotina, dos meus desejos por seus beijos"


*
Ilustração de Vânia Medeiros

2 comentários:

A Outra disse...

esquece o "se".
vai lá e pronto. =P
mente a cara!
assim facin, né? só falando mesmo...
bjs

Larissa Santiago disse...

mudar todo diaaa
eita mulé q muda.... mas nao muda muito, tá?
te dolo!