segunda-feira, 7 de abril de 2008

Motivos

Ele, sempre que é necessário, repete:

- Você não precisa de motivos. Gosta mesmo é de ilustrar a vida.



E ela sai dançando ao som de seus passos na madeira velha. E brinda com o beijo que vai dar. E gargalha com o susto que vai tomar.

Compra malas pra viagem que vai sonhar.

Quando o aperta, já o ama pela dor que vai causar. E se não causa, grita a todos para mostrar o amor que libera sem medo de não quererem. Sem culpa de não aceitar o mesmo em troca.



Ela precisa é de motivos, desses que ela usa para viver... e ele usa para a amar.


18 comentários:

A Outra disse...

viajei... mesmo...

mas o bom não é ilustrar?

bjs e boa semana.

Si disse...

Bom mesmo é desenhar, dançar, amar....

O Profeta disse...

As tuas palavras dizem sempre...tanto...


Doce beijo

PatSodré disse...

E tudo isso porque virão cobertores de orelhas fixos!

Aguardo ansiosa!!

Larissa Santiago disse...

ahhh, motivoss...
acho q eu achei umm!
:P
zo/

Eliana Mara disse...

Motivos andam me rondando.
Ilustrar o que sentimos, já dá muitos motivos.

beijos

Si disse...

Estou eu aqui de novo, navegando no seu post, ouvindo os sons da dança.... Uma vez só nunca é o bastante.

Beijos, linda.

Fabrício Salim disse...

"me dê motivos..."

niltim disse...

ops, tropeções.

Zé Diego disse...

hum...a procura destes motivos nos deixam incessantes na vida.adoro.

Akinogal disse...

See Please Here

Entre Trintas disse...

Oi Ce!
Desenho seu? Adoro passarinho! Ops, pegou mal... rsrsrs
Lindo txt,
Bjo,
Gi

.F Marques disse...

o vento passa e leva tudo para o ar. Um sopro lindo no inverno quente. Ela é feliz e ele sabe.

OgrO disse...

LINDO!

*suspira*

Si disse...

Tudo bem, linda. A serenidade está se esvaindo (como eu queria).
Bom final de semana. E flores nesse jardim tão belo.
Beijos.

RIC@RDO disse...

Simplesmente fantástico!
Lindas palavras!
Bjo

Mr. Almost disse...

Linda Celine! Felicidades! Quando é que você fez aniversário e não disse nada, hein?...

Beijos.

Isa Dora disse...

Quando o aperta, já o ama pela dor que vai causar.




O que eu fiz.