segunda-feira, 26 de maio de 2008

Há dias que acorda como se a alma estivesse maior que o corpo. Se sente incomodada com cada respiração e procura em todos os cantos de olhos um espaço vago para se expandir.
Consegue estar mais vaga do que qualquer céu azul. E espera ansiosa por algum pássaro negro rasgando o céu.

9 comentários:

niltim disse...

so hard day

Larissa Santiago disse...

espero um passaro negro me rasgando!

Rodrigo Carreiro disse...

O sol nasce para todos
;p

RodOgrO disse...

Tem dias assim mesmo... eu fico também cada vez mais vago, mas sabe que estou acostumando com a vastidão e até curtindo, de vez em quando? ;)

PatSodré disse...

Se nós duas fossemos mais próximas diria que essa sensação tem a ver com o alinhamento dos nossos ciclos menstruais...Isso explicaria a confluência das sensações.

ô meu deus, mas nós somos extremamente próximas!!

Deve ser isso...

Espero qualquer ser voador passar pra me emprestar asas e eu te carregar pra outros ares.

Isa Dora disse...

pra quebrar a monotonia.

sarah k disse...

oi Celine!
Tudo bom?

É que somos maiores que este corpinho que tenta nos conter.

Lindo texto!

beijos
;-)

Danielle Cassiano disse...

Olá!
Achei o seu blog em umas andanças por ai.
Gostei muito.
Virei sempre.
E ficarei muito feliz, se você quiser me visitar também

www.dcassiano.zip.net

beijos

Beta disse...

Ando me sentindo assim ultimamente...