sexta-feira, 11 de julho de 2008


Entra no ônibos com uma coca cola na mão e uma pressa de estar longe dele. Daquele que pode ser o homem de sua vida. Daquele que já é seu maior desespero.
Não gosta de suas roupas. Precisa acender um cigarro para se acalmar. Desce no sinal vermelho e pára cansada. De nada. Se sente a maior das idiotas por pensar nele. Ele como uma possibilidade. Caminha com um cigarro apagado entre os dedos. E deseja.
No fim da rua não acredita que pode entregar seu vestido de flores para que ele desabotoe. E acende o cigarro.

Tenta encher os olhos de lágrimas, mas só consegue encher a boca de fumaça.

22 comentários:

Larissa Santiago disse...

mudaste coração?

ahhh, sei que queres dar seu vestido pra ele desabotoar!
;)

sarah k disse...

oi Celine!

puxa, eu gostava mais do outro tamplate, assim vermelho, rsrs

e esse texto, que coisa mais doída é esta? doeu aqui menina ... ui!
apesar de dolorido é lindo.

beijo
;-)

Isa Dora disse...

quer sentir o q não sente.

difícil... ainda mais qdo o desejo parece que fala mais alto que tudo.

Rodrigo Carreiro disse...

...e se entrega
:P

Raquel disse...

essas incertezas matam...quase posso imaginar o frio na barriga...

ps. sei não se ainda dá pra encarar outro vestibular...estou quase abraçando a profissão de mãe dona de casa.

O Equilibrador de Pratos disse...

Excelente blog. E com conteúdo, o que é raro hoje em dia. Acho que pode rolar uma interação legal entre nosso blogs. Dá uma conferida lá:

- O Equilibrador de Pratos -

O que os homens pensam?
Relacionamentos. Teorias. Discussões. Comentários. Mulheres. Sexo. E pratos equilibrados em varinhas. Bem-vindo à vida real.

3 amigos (B. Sacamano, Hannibal e Jurandir, pseudônimos, claro) que resolveram fazer um blog tratando de assuntos que abordam o "Universo Homem + Mulher = Relacionamentos". Retrata todos assuntos citados acima, com textos bem escritos, humorados, ácidos, sarcásticos, irônicos e, sinceros ao extremo. Vale dar uma conferida. E que atire a primeira pedra quem não se identificar com algo.

Blog: www.oequilibradordepratos.blogspot.com
E-mail: oequilibradordepratos@hotmail.com
MSN: oequilibradordepratos@hotmail.com

PS: por que o nome "O Equilibrador de Pratos"? Entre no blog e descubra. Será um "soco no rim". No bom sentido, é claro.

Letícia Ribeiro disse...

uau.

Pat disse...

"Tô fumando o cigarro da saudade
E a fumaça escrevendo o nome dela(e)"

Si disse...

Passo um tempo sumida e tudo muda por aqui. Como assim??? Hehehe
Mas continua tudo lindo, principalmente seus escritos.
E meu tempo de blogs continua. Só passei para matar as saudades.
Beijos, flor.

K. (Incompletudes) disse...

Vim ver as mudanças Mozinha!!! :)

adorei.

saudade de ti!

vc tá nauma fase clean???? :) tranquilinha??????


não sei não.... estou desconfiando...rs..

beijo e pare de brincar com meus peitinhos... rs rs rs

(mentira: pode.. eu deixo..)

Letícia Ribeiro disse...

parou em q parte?

=)

me bati toda tb pra colocar.
uma manhã inteira.
hehe

rm disse...

Ei Celine,
gostei muito da foto desse post. Esse lugar é aí na "Cidade da Bahia"?

Fernando disse...

Isso é... a inquietação do amor não correspondido. Mas onde há fumaça, fogo!
bjos, saudades...

Celine disse...

Oi Rm, :)
Essa foto peguei em um banco de dados, acredito que nem seja no Brasil.

Beijos, gosto quando aparece por aqui.
=)

Larissa Santiago disse...

mudô di novo fia??
Ô Deusssss!

Gentle Rick disse...

acenda-me um cigarro, por favor. deixe-o q queime ateh q chegue aos meus labios. quero sentir a dor. quero sentir a vida. soh assim terei a coragem d eu mesmo desabotoar o vestido e naum esperar q outro o faça. aja.

Mwho disse...

Gostei do final: forte!

rm disse...

Ei de novo, Celine,
tá mais parecendo uma cidade européia medieval, mas bem que podia ser também uma ladeira do Pelô, né?

Gosto do que você escreve.

O Profeta disse...

O começo!
Uma viagem no Mundo presente
Será que o vento açoita as árvores
Ou são elas que cedem ao embalo docemente


Um doce embalo em brisa de verão para ti


Boa semana


Mágico beijo

Celine disse...

Poderia mesmo RM...mas o PelÔ, nesse tom de azul?? tá faltando um colorido aí. ;)

beijos

Filhas da Pagu disse...

Oi Celina! Obrigada pela visita, volte sempre!
Adorei seu estilo de escrever tão casual, é como sair linda e parecer que pegou a primeira roupa do armário.
"não acredita que pode entregar seu vestido de flores para que ele desabotoe" Tão lindo, tão sutil, tão feminino, quanto o resto do texto. Adorei!

Cainã Monteiro disse...

hummmmmmmmmm adorei esse texto.
ficou mto bacana...!!!
não sabia q vc curtia escrever.