sexta-feira, 16 de janeiro de 2009


Quero apertar sua mente ate doer meus pensamentos. Vontades que você planta em mim. Rega todo dia o meu desejo. Me deixa espalhar. Cresço em teu corpo como uma tatuagem inacabada. Marco em mim com teu desenho mal feito qualquer coisa que você não procura. Não pense em mim, nem pense comigo. O que me cabe nesse caminho que é seu? Esperar que a mim, como uma fruta, vc saboreie. Te fortaleça, te mate a fome. Sinta de mim o sabor que escolheu, forte, embebecido, que não desgruda. Sua fruta verde, prestes a cair do pé. Me use no seu corpo, e esqueça o que há alem de minha natureza. E nao esqueça de sempre me plantar de novo. Semente chupada, pronta para virar desejo outra vez.

Foto de MôFlickr

17 comentários:

Adri. disse...

.....Vontades....


Subentendido....



bjo

Rodrigo Carreiro disse...

Essa foto da mesa véia do bar é sensacional.

Celine disse...

rsrs, Essa foto foi na Ribeira, Rodrigo.

rm disse...

ótimo texto, você aprimora o estilo, a olhos vistos...

(mas essa cerveja vai esquentar, não?)

Ric@rdo disse...

'Semente chupada'! Uau!

Beijo.

Flávia disse...

Nossa.

O texto todo é lindo, mas a última frase... foi uma das que maior imparto me provocaram nesses últimos tempos.

Um beijo!

Rna disse...

" semente chupada " uau!

Belo texto, eu já te disse o quanto tenho admiração por você???

bjocas

Larissa Santiago disse...

delíciaaaa...
nossoss encontros!!
saudade cãozinhaaa amor!

Esquadros disse...

Precisava de um texto sensual antes de dormir...Gostei do seu blog.

Prisci

ideiasdespedacadas disse...

uau ... que sensual! uma delícia saborear as tuas palavras menina ... beijos

Sarah K

Celine disse...

RNa, porque nao vejo seu perfil?! Não sei quem és.

Obrigada. beijos

george araújo disse...

ui!
lindo!

bjão
>>

Mr. Almost disse...

Texto belo, bela autora, belo final.

jorginho da hora disse...

Texto sensual regado com cerveja. ASSIM CÊ MATA O VÉIO!

Beijos!

Isa Mozzer disse...

Se espalha, sempre inacabada, sabor de fruta mordida. Grão.

Gina Emanuela disse...

O que eu acho? Adorei as tuas metáfores ...são fortes, intensas, viscerais!

Até o carnaval, moça!

Gina Emanuela disse...

O que eu acho? Adorei as tuas metáfores ...são fortes, intensas, viscerais!

Até o carnaval, moça!