quarta-feira, 1 de julho de 2009


É incrível como diz somente o que eu não quero ouvir. Mesmo sendo o que eu peço a todo momento. Com os olhos de quem não sabe, me mostra que de mim sabe mais do que eu imagino. E é nesse momento que eu vejo o quanto sou dura com ele. O quanto sou mole.
O orgulho de ser o que pensa. E não ultrapassar meu pensamento na barreira do pensamento dela me faz ser o que eu indeciso.
Ela é motivo e quer confiança. Eu confiante quero motivo e não sou nada além do que é dela.

Agora novo passo em direção a outra parte daquele mesmo corpo. Em direção a outra linha daquele mesmo pensamento. Que nao me canso de ouvir para tentar entender.

18 comentários:

Filhas da Pagu disse...

Que linda! Estava sentindo falta dos seus desabafos.
A propósito, esse gato da foto é meu! Juro! rs
Beijos

george araújo disse...

todo mundo querendo e naum qrendo ouvir coisas... êta coração com buraquinhos... hehehe
entenderemos!



bjos
>>

ana f. disse...

frases líquidas e sensações e pensamentos incrivelmente complicados de entender... denso como woolf...

Ric Dexter disse...

"o quanto sou dura com ele. O quanto sou mole." ao mesmo tempo. Que paradoxo!

Beijo!

Camila disse...

Meigs.

Anônimo disse...

Então pensa por três horas e esquece por dois minutos.

Ela lê essa mensagem, que cai meio providencial ao momento que vive. É complicado, pensa a garota. Agente passa tanto tempo fugindo disso, do sofrimento que ela (A paixão) pode nos trazer, e em questões de segundos, tudo muda. Surge uma pessoa bacana, com idéias maravilhosas, um jeito ímpar, e lá vamos nós, nos apaixonando. Na maioria das vezes a outra pessoa não percebe a nossa empolgação, e o nosso lado racional nos avisa... Mas há as exceções, quando essa relação é recíproca.
No seu mutismo, a garota continua a pensar: Queria muito que ela percebesse o tanto que és bem quista por mim; que soubesse também que a sua figura povoa os meus pensamentos e que por mais que eu seja forte e segura de mim, isso acaba me abalando de uma forma que ela nem imaginaria. E que isso, apesar de não ser trágico, é mais uma peça que a vida nos prega...

Ela continua a pensar. É mais uma a se enveredar por caminhos...

Larissa Santiago disse...

saudades de aqui!
bejo

PatSodré disse...

as vezes eu não entendo vcs.

Anônimo disse...

"Não entendo". Isso é tão vasto que ultrapassa qualquer entender. Entender é sempre limitado. Mas não entender pode não ter fronteiras... C. Lispector

Tiago Medina disse...

"É incrível como diz somente o que eu não quero ouvir. Mesmo sendo o que eu peço a todo momento."

Incrível é como uma mesma história sempre se repete por aí...
Li boa parte dos textos daqui. E gostei bastante, parabéns!

Franklin Marques disse...

Distroços... diz troços

jorginho da hora disse...

Vai entender as pessoas ! Eu prefiro ficar no meu canto !

Mil beijos !

Rafic Ramos disse...

hoje choveu chuva, será que amanha chove amorrrrrrrrrrrrrrrrrrrr?

Curiosa e leitora. disse...

Acho que estou com saudade daquele café que a gente ainda não teve.
Quero que seu coraçaozinho esteja bem.
Penso em você, com carinho, querendo que tudo esteja bem.

Te adoro

Beijos

Ite Ramos disse...

Outro dia eu tive esse sentimento igualzinho. Acho que entendi todas as entrelinhas. Mãe é mãe.
Ah, meu bebê, se eu tivesse uma varinha mágica...
Bjos.

Ite Ramos disse...

A propósito, essa foto com Dandara aí tá perfeita, linda, de uma fotógrafa profissional que vc está se tornando.
Mais um bjo.

N. disse...

tomara que seja de infinitude de beleza os novos passos

Francine disse...

Oi, Celine! Cheguei aqui através do grupo luluzinhacampba, sou novo por lá e estou visitando as participantes.

gostei muito do seu blog, de voce soltar seus pensamentos de forma tão poética, parabéns!

;)