domingo, 18 de outubro de 2009

ela




Ela não sabe até onde pode ir na mesma história. Ser várias para a mesma pessoa. Que tambem se multiplica em um sentimento. E toda vez se pinta da mesma cor, fazendo parte do romance.
Nunca tem fim quando se envolve as possibilidades.
Ela não sabe decidir e se encontra em qualquer enredo.

11 comentários:

Rafhitch disse...

Moça, o mundo é pequeno e Salvador um ovo. Conheci o seu irmão este final de semana. uAHeuhaeuaeuhauehauhu

Acho que ele já deve ter falado isso para você.

Quando ele falou que tinha uma irmã blogueira e falou o nome do blog, eu disse na hora: "Eu sei quem é ela, visito sempre o blog dela e ela já comentou no meu."

Abraços!

Larissa Santiago disse...

ela quer é amor!

e amanhã?

eitchaaaaa

ana f. disse...

escorre

Ric Dexter disse...

A mesma história é recriada em várias versões diferentes, mas parece que continua sendo ainda a mesma história...

Beijos!

Tiago Medina disse...

E nem eu!

beijo

jorginho da hora disse...

Iso é o que acontece com quem não tem coragem de ser ele(a)mesmo. Desse mau não sofro, ha,ha,ha !

flyingtime28 disse...

....E cada uma delas é fascínio puro,uma admiração latente em cada enredo, todos sempre com desfechos parecidos, mas no fundo eram indefinidos e inimagináveis..

Morena..amo!

se7e/5 disse...

bem, faz o seguinte: Entrega-te de corpo mas deixa a alma em casa ou num canto qualquer bem escondidinha! Sabes que é no corpo que a coisa vale. Entrega-te só, querida, e vais ver que que o samba rola. Depois pinta da cor que mais gostar. Mas faz amor, muito amor e beijo na boca. prova o mel, degusta o mel e fica doce, tá?
se7e abraços pra você no desejo de uma boa semaninha.

alfacinha disse...

só tem uma primavera na vida
cumprimentos

Isa Mozzer disse...

essa aí sou eu.

Tiago Medina disse...

Acho que eu conheço ela!