quinta-feira, 22 de abril de 2010

novo


.nada se renovava além das horas em si. hoje decidiu ter tempo novo. disseram que aquele combinava com sua cor. flores de bronze. preciosas circulando. sem pressa brinca com o que passa no seu braço. a cada segundo um rumo novo no seu ponteiro exato.



12 comentários:

Marcelo Mendonça disse...

tempo, tempo, tempo, tempo....

Marcelo Mendonça disse...

tempo, tempo, tempo, tempo....

ZISS disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
ZISS disse...

ééé puxei a cordinha, quando o mundo parou eu desci, e vi o tempo, correr a 16.000km/h.Só então percebí o quanto é veloz nossa estada neste mundo.Rei.

ZISS disse...

ééé puxei a cordinha, quando o mundo parou eu desci, e vi o tempo, correr a 16.000km/h.Só então percebí o quanto é veloz nossa estada neste mundo.Rei.

Isa Dora disse...

tudo novo. renovar é preciso. mais ainda quando passamos muito tempo do mesmo jeito.
tudo tem q ter novo contorno depois de um tempo. é aquela máxima de precisar se reinventar. e as vezes é tão natural, né?

Ite Ramos disse...

É isso aí... a cada segundo um rumo novo, nunca se sabe o que o próximo segundo nos trará.
Bjos, B.

ZISS disse...

Tempo Rei!
Oh Tempo Rei!
Oh Tempo Rei!
Transformai
As velhas formas do viver
Ensinai-me
Oh Pai!
O que eu, ainda não sei
Mãe Senhora do Perpétuo
Socorrei!...

Pensamento!
Mesmo o fundamento
Singular do ser humano
De um momento, para o outro
Poderá não mais fundar
Nem gregos, nem baianos...

N. disse...

e há o momento pra ser vivido como a vida, reiterpretando a poetisa!

Mr. Almost disse...

Ponteiro exacto eu tenho, Celine.

Rsss...

Beijo beijando.

george araújo disse...

e viva o tempo novo!

Tiago Medina disse...

Impressionante como essa última frase fica ecoando na cabeça da gente depois de terminar o texto.