terça-feira, 29 de janeiro de 2013

caneta infértil

Uma caneta entre os dedos 
parece um cigarro em 
chamas. Um vício 
imcompreendido e um desejo 
que não cessa.
De ser mais que código. A 
alma decifrada.Tempo 
estacionado. Uma herança 
deixada para qualquer 
filho, de qualquer mãe
infértil.

4 comentários:

Anônimo disse...

We [url=http://www.singapore-casino.ws/]no deposit casino bonus[/url] be subjected to a corpulent library of utterly unconditional casino games in regard to you to play privilege here in your browser. Whether you appetite to procedure a provisions encounter master plan or honest sample out a some new slots before playing in the direction of real filthy lucre, we be undergoing you covered. These are the exact same games that you can treat cavalierly at veritable online casinos and you can part of them all quest of free.

Pâmela Sensato disse...

Gostei do blog =)
Beijoss

Anônimo disse...


Our updates Recent articles:

Geraldo Santana disse...

Gostei dos textos - principalmente do poema. Continue.