quinta-feira, 1 de agosto de 2013

mal de mim


descoberta a cura para o mal de mim. 
esse conselho leve, que vem de uma estrada esburacada. 
coisa que precisa de remédio. 

descoberta a mesinha ao lado da cama.
uma caixa enorme de novidades. várias teias de aranha.
copo de água para ajudar a descer.

mal de mim tá nos outros. 
eu tô em outro quarto. coma.

remédio para mal de mim, sempre será eu.






Um comentário:

Anônimo disse...

Saudades de seus textos reveladores da alma...