domingo, 5 de fevereiro de 2017

Agora é sobre mim


o lugar onde estive enquanto vivia
a paisagem de mato e flor
quando acordava o cheiro de chá invadia

ao olhar pro céu uma chuva de raio e cor
suspeitava que não só eu dormia
despertava para correr atrás do som

me arrumava para sentir o gosto do vento que vinha
e batia em mim depois de flutuar ao redor
de um mundo que jamais seria cinzento

de uma paixão estendida além do tempo e
do desejo de ser para sempre uma só.

Nenhum comentário: